Sob o comando de Diego Jardel

|
Mais do que as alterações promovidas por Raul Cabral, que deram certo e foi premiado pela vitória, ou os belos quatro gols no Metropolitano, o apoio da torcida, novamente em campo neutro, gostaria de ressaltar o comando e a reação interior do meia Diego Jardel, manezinho de Águas Mornas.
A comemoração dele batendo no escudo, indo ao encontro da torcida, festejando com os companheiros, ralando, jogando o que não havia jogado ainda, demonstram que Diego Jardel quer mais, quer fazer história no Avaí. Diego Jardel veio com moral do Botafogo, mas precisa marcar suas raízes aqui. Esse é o teu momento, chegou a hora.
Que Diego Jardel possa ser o comandante do time dentro de campo neste campeonato. Tem qualidade, é habilidoso, está querendo. Falta para ele um entrosamento com William, para um consagrar o outro, virar o Casal 20 do Avaí. Unindo a qualidade no passe do Diego Jardel e a fome de gol do William, quem vai ganhar é o todo, a parte coletiva, o Avaí.
Uma vitória que o clube, a torcida e o time precisavam. Por Polidoro Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário