Uma atuação triste de assistir

|
O torcedor que esperava um Avaí aguerrido, dando uma resposta depois de duas derrotas (a última, uma goleada para o Metrô), se decepcionou. Tendo Caio César como novidade no meio campo e deixando Diego Jardel no banco, Raul Cabral não conseguiu fazer o time criar. O Camboriú jogou por uma bola e conseguiu 3 pontos na luta contra o rebaixamento. Na próxima rodada, o Avaí joga fora de casa contra a líder Chapecoense, enquanto o Cambura enfrenta o Brusque no Robertão.
1º tempo - Um castigo. Assim pode ser definido o primeiro tempo para o torcedor que foi à Ressacada. Absolutamente nenhum lance de perigo de nenhum dos lados. O Avaí teve um chute a gol com Caio César, de longe, um chute fraco e que o goleiro Rodrigo Rocha defendeu sem dificuldades. O fato mais significativo foi a saída do atacante William, que havia se recuperado de uma gripe nos últimos dois dias mas sentiu fraqueza na metade do primeiro tempo. Romulo foi quem entrou no lugar.
2º tempo - O Leão pareceu ter voltado um pouco mais aceso, mas a impressão passou logo. Aos 5min, a zaga avaiana dormiu e viu um cruzamento baixo parar nos pés de Luiz Renan. No primeiro chute, o goleiro azurra deu rebote. No segundo, Luiz Renan não perdoou. Depois o Avaí se esforçou, muito mais na raça do que na técnica. O excesso de passes errados, porém, fez com que o Leão não tivesse sucesso e conhecesse a terceira derrota seguida neste segundo turno.
Ficha técnica - Renan; Renato, A. Carlos, Gabriel, V. Costa; Judson, Braga(Diego Jardel), C. César, Lucas Fernandes(Wilker), Iury, William(Romulo). via Infoesporte

2 comentários:

Aloísio Campeche Silveira disse...

Desilusão, essa é a palavra pra definir o atual elenco do Avaí, sim vivemos uma gostosa ilusão no 1º turno desse Catarinense.

Até os chamados "clubes pequenos" parecem mais organizados no 2º turno do que o "poderoso" Leão da Ilha. Que esperar diante dos chamados "grandes"?! O Criciúma jogou aqui pro gasto, nada mais, levbou três pontos, O Metroplitano deitou e rolou, o Camboriú (quem diria?), armou um alçapão e pegou um Leão, e daqui prá frente, o que esperar?! e ainda falta jogar com Joinville, Chapecoense e Figueirense. Ahhh vão ter que jogar muito prá perder de pouco, até quando vamos ser enganados por essa diretoria incapaz, que deixou o Avaí chegar a esse ponto?!

Quer saber?! Não consigo vislumbrar nada de muito diferente até o início da Série B. Estamos sem dinheiro e sem crédito na praça, com dívidas para acertar e precisando contratar urgentemente, complicado..., será que Raul Cabral conseguirá tirar água de pedra,creio que nem de esponja molhada (já secou), parece que esse time já mostrou o que podia.

Nesse momento tão conturbado da situação brasileira, parece que só o nosso time não engana mais ninguém.

Desculpem o desabafo, mas o que restou do Leão nessa administração, é de chorar.



Sérgio Murilo de Oliveira disse...

O time novamente jogou mal demais.
E o Vitor Costa mais uma vez falhando, o cara saiu de trás dele para fazer o gol.
Podem até me chamar de louco, mas se eu fosse o Gonçalves já tentaria contratar o Alex Maranhão do Guarani de Palhoça.
Está jogando mais que todos os meias do Avaí juntos, é canhoto, tem habilidade, boa bola parada e chuta bem de fora da área.
Agora é torcer para esse time pelo menos mostrar algo parecido com o futebol do primeiro turno, não que tenha sido excelente, mas deu pro gasto.
Abraços.

Postar um comentário