"Não fui chamado para reunião"

|
"Dentro de campo o momento do Avaí é ruim. O cenário político não é diferente. Para muitos torcedores, o resultado de campo é reflexo do problema que o clube vive fora dele.
Conforme informou Rodrigo Faraco, o presidente Nilton Macedo Machado vai renunciar ao cargo e que isso pode acontecer até mesmo antes do clássico de domingo. Outra informação de Faraco, é que hoje já se tem um nome para assumir o cargo, o empresário Wilson José Marcinko, que tem empreendimentos no Sul Ilha e já foi presidente do Clube Doze de Agosto.
O que precisa ser resolvido é o caso do vice-presidente Francisco Batisttotti, que quer assumir o cargo. Conversei  com ele agora pela manhã sobre o assunto, até tentei gravar uma entrevista para a programação, mas Battistotti preferiu não se manifestar em entrevista, pois não quer falar em cima de hipótese e avisou que no momento certo vai se manifestar.
Mas o dirigente disse que não foi chamado para nenhuma reunião para tratar deste assunto. Battistotti ainda disse que o presidente Nilton Macedo Machado não falou em renúncia com ele, apenas que estava pensando em pedir uma licença já que está muito cansado. O vice-presidente ainda falou que ficou chateado ao ficar sabendo que reuniões aconteceram e que o segundo homem na hierarquia do clube não foi chamado para participar.
Na visão dele, isso não está correto. Para finalizar, o dirigente disse que o Presidente não falou com nenhum dirigente do clube sobre uma possível renúncia. Resumo da ópera. Battistotti não quer sair e trabalha para assumir a presidência." via Janniter de Cordes

Nenhum comentário:

Postar um comentário