A agonia azurra

|
"Já escrevi sobre a esperança dos torcedores azurras caírem, nos últimos anos, nos ombros de jogadores que ainda não estrearam. Desta vez extrapolou os limites, parece ser um consenso de que se saiu no BID, bota pra jogar. Já ouvi defesas desesperadas que o Avaí deve ter um time todo novo já para o jogo da volta contra o Bragantino, na Ressacada, pela Copa do Brasil - com escalação e tudo, tendo lugar cativo no time para Alemão, Jajá, Tatá e Vinícius Pacheco. Concordo que o time azurra está devendo e muito para o seu torcedor, mas mexer no atacado é temeroso passando por cima de um período necessário de preparação." Claudionir Miranda via Infoesporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário