Avaí perde para o Goiás

|
Primeiro tempo - Os primeiros dez minutos foram de pouca ação - dois times pouco seguros, sem criar jogadas contundentes. Até que aos 13 minutos o Goiás chegou ao gol - que acabou sendo mal anulado. Num rebote após cobrança de escanteio Rossi botou para dentro em posição legal, mas o juiz anotou impedimento. Mesmo sem valer, o gol animou o esmeraldino, que logo em seguida chegou bem com Lucas, de cabeça. Renan evitou o gol.
Renan passou a ser o protagonista da primeira etapa e salvou o Avaí outra vez, agora no chute de Rafhael Lucas. A pressão continuava e o Goiás teve um pênalti a seu favor quando Wender foi derrubado por Célio. Rafhael Lucas teve a chance de vingar o lance anterior, mas escorregou na hora da batida e Renan defendeu. Quando o Avaí conseguiu chegar foi num lance irregular: Tatá fez o gol, mas em posição de impedimento - agora bem marcado pela arbitragem.
Segundo tempo - O Leão conseguiu se soltar um pouco mais na segunda etapa, mas sem efetividade. Quando se sentiu ameaçado, o Goiás contra-atacou, e conseguiu assustar no cabeceio de Rafhael Lucas. O lance animou o time da casa, que conseguiu outra boa chance para abrir o placar. Fábio Sanches derrubou Cassiano dentro da área - pênalti que Anderson Salles cobrou e converteu. Silas ainda tentou mudar algo colocando Lucas Coelho no lugar de Tatá, mas já era tarde. Logo depois, aos 39 minutos, Luan foi expulso e deu o espaço que o Goiás queria para liquidar o jogo: Cassiano recebeu belo lançamento de Wanger, driblou Renan e fechou o 2 a 0.
Avaí - Renan; Alemão, Fábio Sanches, Célio Santos, João Paulo, Luan, Braga, Lucas de Sá (Caio César), Tatá (Lucas Coelho), Romarinho (Tauã) e William. Técnico: Silas. via Infoesporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário