O que fez a diferença contra o Avaí

|
"Na teoria seria o jogo de muitos lances de ataque com as duas equipes buscando o gol, as escalações demonstravam que os dois treinadores apostavam tudo na vitória. Na prática, o que se viu foi o jogo de um time só: apenas o Tigre buscou realmente vencer. Atrapalhados pelo árbitro que parava demais o jogo, Criciúma e Avaí não conseguiram repetir o desempenho das últimas partidas.
Mesmo assim, o Tigre sobrou e mereceu a vitória que poderia ser com um número maior de gols. Desde o pontapé inicial o tricolor do sul foi mais agudo, fazendo o Avaí correr atrás da bola, não se pode dizer que a escalação azurra estava errada e o que fez a diferença foi o fato de o Leão não ter um volante do oficio, mas ficou clara a diferença na qualidade técnica. Niltinho, Ezequiel, Elvis e Gustavo sobraram pra cima de seus adversários." Claudionir Miranda via Infoesporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário