Para manter a boa fase em casa

|
Neste sábado, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Avaí recebe o Joinville na Ressacada, às 16h. Na décima colocação da tabela, com dez pontos, o Avaí venceu as três partidas que jogou em casa, mas, como visitante, perdeu três e empatou uma até o momento na competição. Apesar da boa campanha como mandante, a equipe amarga o fato de que sua última derrota na Ressacada foi justamente contra o Joinville, pelo Campeonato Catarinense.
“Sabemos da dificuldade do jogo. Será difícil, mas estamos em casa e faremos de tudo para ganhar”, contou o técnico Silas. “Nossa preocupação maior hoje é ganhar dentro de casa. Depois, veremos o que podemos alterar fora de casa. À medida em que o time vai buscando confiança, vamos buscar resultados melhores fora de casa”, completou.
O treinador, que costuma entrar em campo sem muitas alterações na equipe titular, afirmou: “Todo mundo tem que se sentir importante. Não é porque você não é um dos 1, hoje, que não é importante. Vamos dar mais atenção para quem está fora. O nível não pode abaixar. Tento ajustar algumas situações, pois você percebe as coisas à medida que vai trabalhando com o atleta”.
Para a equipe visitante, a situação é um pouco mais complicada. Com seis pontos conquistados, o Joinville venceu apenas uma vez no torneio e ocupa a 16ª colocação. Para o técnico Hemerson Maria, o duelo é um confronto direto.
“O jogo não nos coloca no G4. Essa é a nossa realidade. Ainda não temos equipe para brigar pelo G4. O time está em zona intermediária, e nossa meta é o sprint final. Ainda teremos irregularidades, mas vamos buscar a regularidade jogo a jogo. É confronto direto em que esperamos jogar bem e vencer”, afirmou em coletiva. O comandante está insatisfeito com o ataque e busca um crescimento individual em seus jogadores.
“Temos melhorado defensivamente, mas precisamos melhorar no ataque. Temos de melhorar o lado individual, o nosso crescimento passa por isso. No entanto, ante a sequência de jogos, não temos tido tempo para trabalhar. Temos mostrado vídeo e conversado com os atletas para compensar. É um conjunto de fatores que nos faz ineficiente no ataque, neste momento. Crescendo individualmente, o ataque melhora e vamos conquistar vitórias no campeonato”, analisou Maria.
Apesar de reconhecer as dificuldades, o treinador se mantém positivo e busca alcançar um padrão com seus atletas: “No futebol se vê resultado e não produção. Penso que nosso crescimento passa pela melhora individual do meio para frente. Acredito que na 10ª rodada tenhamos um padrão de jogo definido, pois os atletas terão mais rodagem”, finalizou.
Lucas Fernandes, atacante do Avaí, está suspenso desta partida após ter sido advertido com dois cartões amarelos no último jogo, contra o Bragantino. Romulo deverá ser a opção de Silas: Renan; Alemão, André Santos, Gabriel e João Paulo; Jajá, Lucas de Sá, Tauã; Romarinho, Romulo e Lucas Coelho. via Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário