Coletiva pós-jogo de Silas

|
"Primeiramente acho que o gol saiu muito cedo. Talvez isso tenha acontecido por conta do excesso de confiança que entramos em campo. O gramado era bom, o estádio estava vazio e se não ganhássemos hoje, a coisa ia ficar complicada. Depois a expulsão, aí complicou a nossa questão."
Problemas com pendurados - "Judson e Alemão ficaram de fora por causa dos cartões, estavam pendurados. Luan e Renato aguentaram sem baixar. Só o Rômulo fez uma falta que estou xingando até agora e tomou o terceiro cartão."
Expulsão de Renato Silveira - "No primeiro cartão, o Ananias jogou a bola na frente e sobrou pra ele o cartão, de repente até foi. Mas no segundo eu falei que ele (juiz) estava muito longe para dar amarelo, porque o Renato (Silveira) não para. Eu não acho que foi tão grave. Dividiu e tudo mais, mas vamos conhecendo o jogador conforme ele vai tendo oportunidade. Eu poderia colocado o Alemão, mas seguramente ia perder ele também."
Dificuldade para vencer fora de casa - "No momento do jogo que tivemos mais posse de bola, veio a expulsão e no terceiro gol acabou o jogo. Depois coloquei no 4-4-1 para não tomar goleada, isso não era interessante para nós. Infelizmente acontece, mas a gente tem que levantar a cabeça, porque o próximo jogo é na nossa casa. Perdi Romulo e Renato, mas voltam Tatá, Célio e talvez o André, que ganhou uns dias a mais para descansar porque sentiu uma fisgada na quarta à tarde."
Erros de passe de  Luan e não utilização de Judson - "Eu acho que ele errou como também acertou e numa dessas quase saiu o gol, agora é uma questão de visão. Eu respeito vocês (imprensa), mas eu acho que naquela posição os dois são primeiro volante com características diferentes. O Londrina é muito forte fisicamente, e isso não quer dizer que não posso entrar com os dois. Na nossa opinião, ele não fez um mau jogo, mas é bom ter dois atletas em condições."
Participação de Lucas Coelho - "Era para entrar jogando, não necessariamente no lugar do William, mas ele voltou a treinar há dois dias mesmo com edema. Então eu estava preocupado com ele o Capa, que saiu do jogo anterior e não treinou. Coelho a mesma coisa, por isso a preocupação."
Substituições no intervalo - "Romarinho e Toshi para dar velocidade, por que não Lucas Coelho naquele momento?  Eu fui conversando com o Lucas, porque Jajá estava mal, não sei o que houve. Ele até queria voltar, mas eu disse que não. E ainda tinha o cartão, então para não mexer muito, eu recuei o (Diego) Jardel. O terceiro gol complicou tudo." Paulo Silas, via Globo Esporte

2 comentários:

Aloísio Campeche Silveira disse...

Na verdade temos dificuldade de vencer é em casa, fora de casa o que há é a impossibilidade, visto que o time já entra não acreditando nessa possibilidade. A bola na trave e o gol já ao final, somados com a série de derrotas que o Náutico acumulava, demonstra claramente isso. Assim ao perder um jogador o treinador já achou que seria goleado pelo "fantástico Náutico", aí não dá né ô?!

Daniel Salles disse...

Poupar jogador por medo de terceiro amarelo em um campeonato de pontos corridos é uma piada! Uma hora ou outra eles vão tomar...

João Felipe do DM direto pra titular? O que houve com o Caio Cesar que vinha fazendo boas partidas e nem pro banco foi?

Que o Judson e o Luan tem características diferentes eu concordo, inclusive por isso todo mundo acha que o primeiro deveria jogar, é melhor!

Treina um time durante a semana e bota outro pra jogar, o Silas se complica sozinho...

Postar um comentário