Avaí tem estatísticas ruins no 1º turno

|
Ao fim do primeiro turno da Série B do Brasileirão, a diretoria do Avaí fez uma mudança em seu departamento de futebol, tirando Marcelo Gonçalves do cargo de diretor de esportes, e colocando Joceli dos Santos em seu lugar. O motivo principal foi o fraco rendimento do time na competição.
Olhando para as estatísticas, algumas delas mostram o porquê desse rendimento abaixo do esperado para o Leão da Ilha na Série B. O Avaí tem o segundo pior índice de finalizações certas do campeonato. Foram apenas 62 chutes no gol em 19 jogos. Uma média de três chutes por jogo.
O que explica esse baixo número de chutes no gol, é o índice de assistências para finalizações. O Avaí também é o segundo pior time nesse quesito, com apenas 111 assistências para chutes ao gol. Na média, são menos de seis passes para chutes por jogo. Levando em consideração o número de chutes certos, quase metade dos passes resultam em chutes que não acertam o gol.
Outros dois índices que se complementam são o de desarmes errados e o de cartões amarelos. O Avaí é o terceiro time que mais erra desarmes, foram 54 em 19 jogos. Por consequência, como erra o desarme, o jogador acaba cometendo falta, o que gera cartões amarelos. O Leão é o segundo time da Série B que mais tomou cartões amarelos até agora. Foram 58 cartões, seis a menos que o Londrina, que lidera essa estatística. via Infoesporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário