Avaí vence, dessa vez em Joinville

|
O Avaí visitou o Joinville nesta sexta-feira, na Arena Joinville, e conseguiu uma importante vitória pelo placar de 1 a 0. Em jogo marcado por protestos, invasões e rojões jogados em campo pela torcida do JEC, o Leão da Ressacada fez sua parte, chegou ao quarto triunfo consecutivo na Série B e irá dormir dentro do G4 do torneio nacional.
Com o resultado, o Leão da Ressacada seguiu sua arrancada na tabela e chegou aos 42 pontos, alcançando provisoriamente a terceira posição e dormindo no G4 da Série B. Já o JEC segue em jejum de vitórias e é apenas o 19º colocado, com 24 pontos.
Primeiro tempo - A partida começou com um extremo equilíbrio e cada um dos times teve uma boa chance nos primeiros minutos. Aos nove, Caio César arriscou um chute cruzado para o Avaí de fora da área e obrigou o goleiro Jhonatan a se esticar para defender. O JEC respondeu aos 11 em cabeçada de Rafael Donato que passou com perigo ao lado do gol.
A partida seguiu com o Joinville um pouco melhor. No entanto, foi o Avaí que abriu o placar. Aos 22 minutos, Capa cruzou para a área e Jhonatan espalmou. O goleiro, no entanto, soltou no pé de Romulo, que só teve o trabalho de bater para o gol para colocar o Leão da Ressacada na frente. Após sofrer o gol, o JEC tentou correr atrás e criou as melhores chances. No entanto, não teve efetividade suficiente para empatar a partida. Com isso, o jogo foi para o intervalo com vitória parcial do Avaí.
O jogo voltou para o segundo tempo muito mais movimentado. Aos cinco minutos, Claudinho arrancou pela esquerda para o JEC e chutou firme, porém, a finalização foi na rede pelo lado de fora. O Leão respondeu aos sete. Lucas Coelho arrancou pelo meio, passou por alguns marcadores e chutou firme. Porém, Jhonatan conseguiu agarrar a bola.
A partida seguiu lá e cá. Aos 17, Aldair ajeitou a bola na entrada da área para o Joinville e soltou uma bomba. Renan se esticou e conseguiu uma grande defesa. O Avaí respondeu aos 19 e perdeu chance inacreditável. Renato arrancou pela direita e cruzou para a área. Romulo recebeu sozinho cara a cara com o goleiro, mas chutou para fora, desperdiçando a oportunidade para ampliar o placar.
Se o Leão teve sua principal chance do segundo tempo no lance anterior, o Joinville respondeu à altura aos 25. Rafael Donato subiu mais alto que a defesa do Avaí após cobrança de escanteio e cabeceou firme. A bola passou triscando a trave, mas foi para fora.
A partir dos 30 minutos do segundo tempo, o Avaí recuou e o Joinville passou a exercer uma grande pressão em busca do empate. Aos 32, em lance parecido ao anterior, Rafael Donato subiu mais alto que a defesa, desta vez em cobrança de falta, e novamente não achou o canto de Renan por pouco.
No final do jogo, o Joinville exercia uma grande pressão, porém, aos 47 minutos, problemas extracampo acabaram atrapalhando o andamento da partida. Parte da torcida do JEC jogou rojões em campo, gritavam “vergonha” e pulou a grade da arquibancada, ameaçando chegar ao campo. Com isso, o árbitro interrompeu o jogo por 10 min até que os policiais resolvessem a confusão.
Após o retorno, o duelo continuou apenas por pouco mais de imin. Com isso, o Avaí apenas esperou o apito final para comemorar a importante vitória na competição. Avaí - Renan; Fagner Alemão, Gabriel, Fábio Sanches e Capa; Luan, Renato, Caio César(Luiz Gustavo) e Marquinhos(Diego Jardel); Lucas Coelho e Romulo(Tatá). via Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário