Avaí vence e mantém sonho por G4

|
O Avaí venceu o Criciúma por 3 a 0, no Estádio da Ressacada, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de um começo ruim, o Leão aproveitou as bolas paradas para conseguir a vantagem e seguir sonhando com o G4 da competição.
O Avaí fez os seus dois primeiros gols em jogadas muito similares. Ambos lances surgiram de cobranças de falta em que Marquinhos cruzou na área e Lucas Coelho concluiu para as redes. No primeiro gol, aos 17, o atacante contou com um desviou na primeira trave para pegar a sobra e no segundo, aos 25, entrou em velocidade para concluir.
O terceiro gol saiu apenas no segundo tempo. Aos 22 minutos, Diego Jardel foi derrubado dentro da área e o juiz assinalou pênalti. Romulo bateu, o goleiro Luiz defendeu, mas o próprio Romulo aproveitou o rebote e definiu o placar do confronto.
A vitória fez o Avaí chegar aos 33 pontos e subir para a oitava colocação, apenas quatro pontos atrás do CRB, quarto colocado e com um jogo a menos. O Leão, no entanto, ainda pode ser ultrapassado pelo Vila Nova, que entrará em campo na noite deste sábado.
O Criciúma, por outro lado, dá praticamente adeus para as chances de conquistar o acesso para a primeira divisão neste ano. Estacionado nos 31 pontos, o Tigre caiu para a 11ª posição e está há quatro jogos sem conseguir uma vitória.
O jogo - O Criciúma entrou muito mais ligado no campo e tentou aproveitar a desorganização do Avaí. Logo aos 7 minutos, a zaga do Leão vacilou, mas Capa travou Pitbull dentro da área e o goleiro Renan abafou o lance. Em seguida, Felipe Guedes estava ligado e chutou de primeira, mas a bola saiu raspando a trave.
A chance perdida custou caro ao Tigre. Aos 17 minutos, o Avaí abriu o placar. Em cobrança de falta, Marquinhos cruzou na área, a bola desviou na primeira trave e sobrou limpa para Lucas Coelho chapar para as redes.
O Criciúma tentou responder em seguida, mas não teve sucesso e viu o Leão ampliar a vantagem em jogada muito parecida com o primeiro gol. Aos 25, com bola aérea de novo, Marquinhos aproveitou outra falta para colocar a bola na área e Lucas Coelho entrou em velocidade para testar para a meta.
Já na segunda etapa, a defesa do Criciúma seguia completamente perdida nas bolas aéreas. Aos 4 minutos, Marquinhos jogou a bola na área adversária, Renato subiu mais do que todo mundo e cabeceou para o travessão.
Logo em seguida, Lucas Coelho perdeu a chance de marcar pela terceira vez no jogo. O atacante aproveitou a bobeira dos zagueiros, carregou a bola da intermediária, driblou o goleiro, mas ficou desequilibrado e errou na hora de bater para o gol. Aos 22, Diego Jardel entrou na área e foi derrubado por Barreto: pênalti. Romulo foi para a cobrança, bateu no canto direito e o goleiro Luiz conseguiu espalmar, mas Romulo estava esperto e chutou para as redes.
O Criciúma não se entregava, mas esbarrava na boa atuação do goleiro Renan. Aos 27, teve outra chance de diminuir a desvantagem. Thiago Humberto cobrou uma falta direto no ângulo direito, mas Renan voou e conseguiu espalmar o perigo para escanteio. Dessa forma, o placar se manteve até o árbitro Ricardo Marques Ribeiro sentenciar o final do confronto.
Avaí 3 x 0 Criciúma
Público: 6.524 pessoas
Cartões amarelos: Adalgisio Pitbull, Luiz, Ferron e Marlon (Criciúma); Lucas Coelho (Avaí)
Gols: Lucas Coelho aos 17 e aos 25 minutos do primeiro tempo e Romulo (pênalti) aos 23 minutos do segundo tempo
Avaí: Renan; Luiz Gustavo, Betão, Gabriel e Capa; João Filipe, Judson (Caio César), Renato e Marquinhos (Diego Jardel); Rômulo e Lucas Coelho (william). via Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário