Battistotti explica negociação de Gabriel

|
O Avaí está perto de vender 50% dos direitos do zagueiro Gabriel, a joia da base do Leão. O presidente Francisco Battistotti explica que um investidor tem interesse no jogador, mas que mesmo que seja concluída a negociação ele deverá permanecer até o fim da temporada na Ressacada.
- O Gabriel deve permanecer conosco até o fim do ano e depois deverá sair. Estamos negociando para que isso aconteça - disse o presidente em conversa antes do jogo contra o Criciúma.
O Leão tem 70% do passe de Gabriel e quer vender agora 50%, ficando ainda com outros 20% para lucrar futuramente com o atleta. Se o zagueiro está praticamente negociado, Rômulo, outro atleta assediado, não deixará o Avaí tão cedo. O presidente garante a permanência do atacante.
- Nós queremos subir e não podemos perder um artilheiro como é o Romulo. Chegaram propostas para ele, mas não liberei - completou Battistotti.
Segundo o presidente, o Avaí agora só negociará atletas formados na base depois que eles jogarem pelo time profissional.
- Chega de liberar jogador a preço de banana. O atleta tem que passar um tempo mínimo no time profissional e não só para ser mais valorizado, mas também para ter retorno técnico - disse.
Novidades em breve - No dia 15 de setembro, na próxima quinta-feira, se encerra a janela de inscrição de atletas para a disputa do Brasileirão. Até lá o Avaí deverá anunciar a contratação de pelo menos dois jogadores.
- Claudinei pediu um volante e estamos atrás também de um atacante. Não posso falar em nomes para não prejudicar nas negociações, mas espero o quanto antes ter esses negócios fechados. via DC

Nenhum comentário:

Postar um comentário