Avaí planeja duelos fora de casa

|
O Avaí venceu mais uma partida. E o triunfo, válido pela 31ª rodada, diante do Tupi, na tarde do último sábado, na Ressacada, fez o Leão da Ilha iniciar a regressiva até o acesso à Série A do ano que vem. Se antes do jogo Claudinei Oliveira queria somar 15 pontos para subir, agora precisa de 12. Para a sequência da competição nacional, quando os catarinenses têm dois jogos seguidos longe de Santa Catarina, o comandante tem tudo planejado.
Contra Vila Nova e Vasco, o treinador não quer desperdiçar nada. Mas se não der para vencer os dois, quatro pontos serão festejados pela equipe. E ainda de acordo com ele, dois empates também estão nos planos. A única coisa que não deseja encontrar pelo caminho é a derrota.
- O planejamento é, no mínimo, quatro pontos. Se a gente voltar com 2 vai achar que é ruim? Não. Põe na nossa poupança e vamos brigar pelos outros jogos. Não falo que quero sair e fazer três pontos, não quero perder um, temos que fazer dois, quatro ou seis. Perdemos do Atlético-GO, mas o número de vitórias é alto. Se viesse empatando e perdesse do Atlético-GO era diferente, estaríamos em 10º ou 11º. Temos condições de vencer os dois fora de casa,  mas não vai ser fácil.
O primeiro desafio do Avaí longe do estádio azul e branco será contra o Vila Nova, na próxima terça-feira, 18 de outubro, às 19h15, no Serra Dourada. Para o confronto, uma ausência certa de Claudinei Oliveira será Marquinhos, que levou o terceiro cartão amarelo. Na sequência, o Leão encara o Vasco. O jogo acontece no dia 27, às 21h30, em São Januário. (Confira a tabela de classificação)
Nas duas partidas o desejo do treinador é que o Avaí atue melhor do que fez contra o Tupi, na Ressacada. Apesar de comemorar o triunfo, com gol contra anotado por Bruno Costa, Claudinei disse que o time esteve abaixo do esperado. via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário