Mais sorte que juízo

|
"Que jogo difícil foi contra o Tupi, não por briga de bola, mas de ver um time que almeja o acesso jogar de maneira apagada como foi. Claro que o resultado é o mais importante e ficar entre os quatro primeiros na Série B é a meta do Avaí, mas o pouco futebol apresentado não agradou. Um grande erro é achar que times com pontuações baixas são fáceis de ser batidos.
A briga na parte de cima da tabela está acirrada, dois pontos separam o Leão da Ilha do quinto colocado e o Avaí abre a rodada nesta terça-feira (18), ou seja, vencendo o time Avaiano coloca mais pressão nos adversários e não corre risco de sair do G4. E para a partida contra o Vila Nova o técnico Claudinei Oliveira vai ter alguns desfalques.
O ataque fica sem Vitor e deve ter o retorno de William, recuperado e com vontade de jogar, porque sou da filosofia de que um tempo, por menor que seja, fora da titularidade dá mais ambição para os atletas. Outra mudança é no meio, Marquinhos fica fora por cartão e convenhamos que contra o Tupi deixou a desejar. A terceira mudança é Alemão, machucado vai dar a vaga para Luiz Gustavo.
Faltam sete rodadas para o fim da competição, agora os ânimos ficam a flor da pele, a torcida se torna ainda mais eletrizante e essencial nos confrontos em casa e a raça não pode ficar no vestiário. O Avaí faz as próximas duas partidas longe da Ressacada e para subir precisa trazer pontos na bagagem." Cacau Corazza via Infoesporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário