Tudo em ordem na Ressacada

|
"Há muitos anos não se vê o Avaí chegar organizado assim numa reta final de temporada. Geralmente temos salários atrasados, casamento de filho de treinador, briga de egos, ou tudo junto. Mas clima bom não ganha jogo. Perdemos para o Atlético e uma possibilidade de título ficou distante e o acesso mais complicado. Porém, enfrentamos o Tupi, que tá no fim e em má fase.
Chuteira baixa - Importante os jogadores e a torcida não ter o famoso salto alto em uma hora como essa. Devemos ao natural ganhar do time mineiro, é o que acredito. Nosso time é melhor, jogamos em casa – e temos a melhor campanha em casa junto com o Bahia –, nosso treinador volta à casamata e temos retornos de importantes jogadores. Mantendo o respeito ao adversário e jogando a mesma bola dos últimos jogos em casa, não tem como o resultado ser outro. Com o apoio da galera fica mais fácil.
Briga lá embaixo - A briga lá embaixo encrespou e o pessoal começou a ganhar pontos. Ainda bem que fugimos de lá a partir daquela vitória contra o Sampaio Corrêa. Coitado do Joinville, vice-lanterna e distante nove pontos do primeiro time fora da zona.
Coxa linda - Esperamos hoje aquela vitória do nosso glorioso Coritiba para martelar mais um prego. A secada no feriado vai ser forte." Filippe Trote via Hora de SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário