Avaí pode reescrever a hegemonia em SC

|
"Que o futebol de Santa Catarina é um dos mais equilibrados do país não há dúvida nem questionamento. Não falo de força ou pujança, mas de emparelhamento de forças. Em estados como RS, PR, PE, MG, GO, para ficar nos mais destacados, há polarização. Ou um, ou outro é sempre o campeão, com algumas nuances aqui e acolá. RJ e SP há de três a quatro forças hegemônicas. Aqui em SC são cinco times que podem ser considerados favoritos ao título, com momentos favoráveis a um ou a outro.
Pois o Avaí havia emplacado um bicampeonato em 2009 e 2010 e quase um tri, já que levou 2012 também. Depois, a hegemonia transitou entre Figueirense (2014/15) e Chapecoense (2011/16), com o Tigre levando o Estadual de 2013. Todos sabem que a presença na Série A, com orçamento diferenciado, reflete no domínio dentro do Estado.
Então, se o Avaí superar o Náutico (e ficar com cinco pontos de vantagem em seis a serem disputados), estará com um pé na Série A. E esta condição vai lhe dar orçamento e a possibilidade de lutar (pelo menos no quesito financeiro) com a Chapecoense. E sonhar com o título Estadual e igualar o rival Figueira (ameaçadíssimo de cair para a Série B) em conquistas, hoje em 17 a 16 para os alvinegros.
O exército azul que vai lotar a Ressacada hoje não luta por chegar à elite do futebol brasileiro. Mais que isso: mira a autoestima, o moral elevado, o olhar olhos nos olhos e intimidar Figueirense, Chapecoense, Criciúma e Joinville. A arquibancada lotada da Ressacada terá um valor simbólico: vai pesar na balança da hegemonia estadual." Marcos Castiel via Hora de SC

Nenhum comentário:

Postar um comentário