Marquinhos comemora "gordura"

|
Quatro pontos de vantagem para o Náutico, quinto colocado. A 34ª rodada foi boa para o Avaí, que no sábado venceu o Paraná na Ressacada e contou com a perda de pontos dos rivais diretos na briga pelo acesso da Série B. Para o meia Marquinhos, a gordura acumulada é importante, e o Leão tem maturidade para saber levar a diferença até o fim da competição.
- Momento de cautela, mas essa humildade o time tem de sobra. Não é um time que se empolga, passamos por momentos difíceis. Se vai culminar no acesso, não sabemos, mas é digno de aplausos. Abrimos uma gordurinha, mas tem que ficar atento. Vamos usar a vantagem a nosso favor. Esse grupo não relaxou em nenhum momento e não vai ser agora. Vamos ficar marcados se o acesso vier, está difícil, claro, mas fica mais difícil para os adversários, encostamos no segundo colocado. Está equilibrado, mas o quanto antes conseguirmos, é melhor.
O gol azurra na vitória por 1 a 0 sobre o Paraná foi marcado por Renato, de bicicleta. Marquinhos relembrou um tento semelhante em 2008, anotado por Evando, quando o Leão também conseguiu o acesso. Destacou as coincidências e pediu foco nesta reta final de Série B.
- Foi um dos gols mais bonitos da Ressacada e relembra 2008. Contra o Corinthians, o Evando acertou uma bicicleta. Mas tem que correr, a camisa é forte, é gigante, só que sempre precisa se dedicar. O Renato teve uma perda durante a semana e trabalhou, foi honrado. Fico feliz de ver esses meninos dando a volta por cima depois do estadual e do primeiro turno, e sem eu poder fazer nada. Independente de quem faça o gol, importante é chegar na Série A. via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário