Renan dá sua versão da negociação

|
"À torcida do Avaí, gostaria de deixar bem claro minha conduta correta desde o primeiro dia em que cheguei ao clube. Não seria diferente neste momento de negociações, onde vários fatores precisam ser analisados por mim e por minha família.
O que esclareço é que, desde a reta final da temporada, dei todo o tempo e oportunidades para o Avaí apresentar uma proposta que deixassem a mim e minha família mais seguros. Como toda negociação, existem muitos fatores envolvidos e agora quem precisa de mais tempo para pensar por um período maior sou eu.
Sem dúvida, foi um ano muito especial para minha carreira. Encontrei no Avaí um grupo determinado, uma diretoria séria e uma torcida presente e apaixonada. A grande campanha que fizemos levarei para sempre em minha vida.
Por questões que o próprio clube ainda não conseguiu controlar e garantir, como garantias financeiras para 2017, eu e minha família não nos sentimos confortáveis para ter uma decisão neste momento.
Em contrapartida, sabemos que o clube precisa se programar para uma difícil temporada que vem por aí e deixo claro que não ficarei chateado se o Avaí decidir por outro caminho. Avisei ao clube que não vou decidir agora, os deixando livre.
Entendendo que tudo isso faz parte das negociações. Confio no caráter e no bom senso de quem me conhece no clube , além de pedir tal compreensão para a torcida que tanto respeito.
Desde já agradeço de coração tudo que fizeram por mim nesse ano tão maravilhoso,do porteiro da Ressacada até o presidente e claro a toda nação avaiana que me ajudou muito nesse período. Fica aqui a minha eterna gratidão a todos vocês! Um abraço à todos." Renan, ex-goleiro do Avaí

Nenhum comentário:

Postar um comentário