Avaí analisa destaques da Copinha

|
Após encerrar as contratações para o início da temporada, ao menos até o começo do Brasileirão, o Avaí deve recorrer às categorias de base para reforçar o grupo que terá, no primeiro semestre, o Catarinense, a Primeira Liga e a Copa do Brasil. Segundo o gerente de futebol do Leão, Agnello Gonçalves, ao menos quatro atletas estão estão bem cotados para integrar o grupo profissional.
Mesmo eliminado nas oitavas de final da Copinha, o Leão deixou uma boa impressão para o corpo técnico do time profissional. Segundo o gerente de futebol, o lateral-direito Guga, o volante Wesley e os atacantes Getúlio e Vinícius Baiano têm boas chances de irem à equipe profissional.
- Devemos ter uma reunião e, aí sim, tentar uma perspectiva para esses jogadores. Não adianta ficar conosco sem jogar. Vamos mensurar o que será melhor para o futuro. A gente acompanha eles durante o ano (2016) e sabe que eles podem dar de retorno em cima (nos profissionais). São jogadores que chamaram atenção. O Baiano, o Getútlio, o Wesley e o Guga são jogadores que a gente já viu ao longo do último ano e a Copinha era uma forma de analisar esse grupo.
Além de aproveitar os jovens no time principal, o clube irá analisar todos os jogadores do grupo que disputou a Copinha. Alguns atletas poderão ser emprestados para ganhar mais experiência.
- Eu estive muito tempo na base, entendo como funciona esse processo de transição da base para o profissional ao longo do ano passavam jogadores do sub-17 e do sub-20 para o profissional, um processo de adaptação. A Copa São Paulo da uma notoriedade muito grande, um nível competitivo muito alto, um momento de analisar os jogadores. Já fomos com alguns atletas que estávamos com a ideia de compor esse grupo. A intenção é, nesse momento, para rodar, talvez emprestar alguns nomes. Temos um projeto para esses meninos da base. A perspectiva real dos jogadores para estar conosco para que possam adquirir mais experiência. via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário