Coletiva pós-jogo de Claudinei Oliveira

|
"Achei que nossa equipe voltou a ser aquela da Série B, competitividade, lutando por cada palmo do campo. O torcedor se acostumou com isso, tivemos um ponto fora da curva contra o Paraná e fomos premiados com a vitória."
Evolução na parte tática - "Se analisar, sem culpar o jogador, porque o João Paulo não foi mal. Trabalhamos com esse time que jogou, a pré-temporada inteira. Antes de viajar para Paranaguá, o departamento médico conversou e achamos melhor deixá-lo. Não treinamos muito essas opções, mexemos no Denilson, ele poderia ter ido bem. E não posso cobrar o mesmo rendimento. Tivemos essa conversa com os atletas, eles se cobraram e está aí o resultado."
Atuações de Alemão e Leandro Silva - "Eu parabenizei o Alemão, fazia tempo que não jogava na defesa  e poderia ter negado, não se colocou acima do grupo. Ele colaborou e foi muito bem. O Leandro também foi bem, aguentou até o fim do jogo, fiquei satisfeito com eles."
Melhora após o intervalo - "O Criciúma criou algumas chances no começo, depois tiveram a bola, mas sem grandes chances. Não acertamos o penúltimo passe. No segundo tempo depois que fizemos o gol eles foram para cima, mas estou tranquilo, ficar rodando a bola não te garante sucesso."
Aproveitamento no ataque - "Tivemos algumas chances, finalizações que o Luiz defendeu. Chance real, cara a cara com meu goleiro, só uma. Foi um resultado justo, a equipe mais eficiente venceu."
Estreia de Junior Dutra - "Tanto o Marcelo quanto o Júnior Dutra conversaram comigo que não estavam bem para estrear, mas falei para eles viajarem e conhecerem os companheiros, para entrosar com o grupo. Precisava colocar 10, 15 minutos. Quando precisamos do Júnior ele foi bem, conheço o jogador, tem muita força, segura bem a bola. Foi bem na partida."
Projeção contra o Londrina - "Não posso falar do time porque eu não sei, pensamos em um time alternativo, mas tem a premiação, vamos falar com o presidente. O Catarinense não te permite perder pontos também, mas não temos essa definição. É uma decisão em conjunto. Se o presidente achar que é importante, jogamos terça com o time principal e depois poupamos. Vamos com calma."
Marquinhos no Catarinense - "Depende do intervalo de jogos. Ideal é utilizá-lo no Catarinense, mas temos um jogo da Copa do Brasil, jogo único, e aí, vamos levar? Vamos vendo semana a semana, não sou dono da verdade, juntos construímos as decisões tomadas." Claudinei Oliveira via GE

Nenhum comentário:

Postar um comentário