Marcelinho, novo atacante do Avaí

|
Marcelo Leite Pereira, canhoto, 1,73m. Ex-promessa do Flamengo ao lado de Renato Augusto e Bruno Mezenga. Passagem pela Espanha, Grécia, Emirados Árabes e Índia. Golaço contra o time de Zico (assista ao vídeo) e prêmio de melhor jogador da liga indiana em 2016. O currículo de Marcelinho é desconhecido para a maioria dos brasileiros, mas é com esse histórico que o atleta chega ao Avaí.
No início da década, Marcelinho jogou ao lado de Renato Augusto e Bruno Mezenga. Deixou o país em 2007 a contragosto quando o Rubro-Negro o negociou com o Atlético de Madrid B. Trilhou o caminho de muitos atletas do futebol e rodou o mundo até brilhar na Índia com a camisa do Delhi Dynamos, treinado por Gianluca Zambrotta, ex-lateral do Milan.
Em 2016, ele balançou a rede 10 vezes e levou o Golden Boot, prêmio de melhor jogador da liga indiana (vencido anteriormente por Elano e Stiven Mendoza). A escolha é feita com base em um ranking que contabiliza gols, assistências e minutos jogados.
No time indiano, atuou ao lado de Florent Malouda, francês com passagem pelo Chelsea. O europeu era  o "líder", atleta com salário acima dos companheiros - outros times têm Forlan, Sissoko, Lúcio. Pesou o desejo de voltar ao Brasil, onde vestiu as camisas do Flamengo, Vitória, Ipatinga e Anápolis.
- Minha esposa gostaria muito que eu mostrasse meu valor no Brasil para juntar como fato da nossa filha pequena estar com três anos e podermos morar na nossa terra natal, junto ao fato do Brasil não conhecer o Marcelinho - falou o jogador em novembro do ano passado.
Pelo Avaí, a contratação por uma temporada é encarada como uma oportunidade. Marcelinho se encaixa no perfil desejado, que pode atuar pelos dois lados do campo e com poder de definição. Para acertar, o Leão chegou a conversar com Zico, que treinou o FC GOA, e ouviu boas recomendações.
Outro fator importante para a chegada de Marcelinho é o fato do atleta ter passaporte europeu. Com isso, há a possibilidade de uma futura venda. O atual ataque do Avaí é composto por muitos atletas jovens e a contratação de um nome mais experiente era um desejo de Claudinei Oliveira. O Leão ainda procura uma camisa 9 com característica de mobilidade e está próximo de um acerto com Júnior Dutra, ex-Vasco. via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário