"Vontade a gente tem"

|
A luta por cada pedaço do campo. Esse é o Avaí que Marquinhos deseja em 2017. O estilo da última temporada, que rendeu o acesso à Série A, deve ser mantido no ano que começa. E para o capitão azurra, foi isso que determinou a vitória do Leão, sobre o Criciúma, na noite de sábado.
Ausente contra o Paraná, o meia analisou que faltou vontade no revés. Por isso, o desejo de Marquinhos é que a equipe não se preocupe com bom futebol, mas sim com a competitividade.
- A gente tem que ter consciência. Fizemos um jogo com o Paraná muito abaixo do que podemos fazer. Espetáculo a gente não promete, mas vontade a gente tem. Se manter a base e não ralar a bunda no chão, não adianta. Essa foi nossa marca ano passado e temos que manter isso esse ano.
O discurso de Marquinhos foi endossado por Alemão. Na ausência de Gustavo, o lateral atuou na defesa, ao lado de Betão, e foi elogiado pelo técnico Claudinei Oliveira.
- Acho que a nossa equipe veio proposta a marcar, o que nos levou ao sucesso no ano passado. Essa equipe, todo mundo correu, se ajudou, o Avaí tem muita a ganhar na competição. Temos que continuar com os pés no chão e buscando algo maior.
O Avaí volta a campo nesta terça-feira. Às 19h, encara o Londrina, na Ressacada, pela Primeira Liga. Na quinta, é a vez do Metropolitano, pela segunda rodada do estadual, também em casa. via GE

Nenhum comentário:

Postar um comentário