Avaí, equilíbrio para eliminar a Desportiva

|
O novo regulamento da Copa do Brasil não deixou margem de erro aos visitantes. Hoje o Avaí encara a Desportiva, em Cariacica, com a missão de não ser derrotado para avançar à segunda fase da competição. Um empate basta para a vaga e de quebra R$ 500 mil pela classificação.
Para engordar o caixa e manter-se na competição, o Avaí aposta na regularidade. Em 2017, a equipe manteve o padrão de resultados da última temporada, que garantiram o acesso. Com eficiência defensiva e oportunismo no ataque, a estratégia está mantida contra os capixabas.
A defesa é o ponto alto e, caso não sofra gols, o Avaí se classifica. Em 16 dos 24 jogos comandados por Claudinei Oliveira, o Leão não foi vazado. No Campeonato Catarinense, o time está invicto e ainda que não tenha o artilheiro Denilson, aposta na dupla Romulo e Júnior Dutra para balançar as redes.
Além do goleador, Marquinhos é ausência. O capitão foi preservado para atuar em dois jogos seguidos do estadual. O tema segurança esteve em pauta. Depois de uma primeira declaração do técnico Claudinei Oliveira, rebatida por Rael, da Desportiva, o comandante encerrou o tema, mas sem deixar de alertar para o cuidado.
- Treinador responde a treinador, jogador responde a jogador, não vou debater. Com o que eu falei, fui bem claro. Teve rodada do Campeonato Capixaba? Não teve, então não teve segurança. Respeito todas as torcidas, quero que tenham 10 mil pessoas lá. Eu falei que o torcedor não iria pela questão da segurança. Tomara que o estádio cheio, o torcedor faz o espetáculo - disse o técnico.
Hora e local: 19h15, estádio Engenheiro Araripe
Provável Avaí: Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Ferdinando, Judson, Caio César e Diego Jardel; Romulo e Júnior Dutra.
Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ) apita a partida, auxiliado por João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ) e Wendel de Paiva Gouveia (RJ). via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário