Coletiva pós-jogo de Claudinei Oliveira

|
"Foi o equilíbrio da equipe, estamos próximos, com intensidade. Esse é o segredo. Buscamos um jogo vertical, mas nem sempre se consegue a transição rápida. Muitas vezes abrimos mão da posse sem objetividade. Conseguimos organizar e está de bom tamanho, tivemos as melhores chances"
Júnior Dutra como titular - "Achei que foi muito bem. Nada do que a gente faz no Avaí é pela minha cabeça. Júnior sentiu o jogo contra o Londrina e pediu para descansar na última partida. Descansamos para usarmos no lugar do Marquinhos. Claro que não íamos dar pistas e escalar antes da hora. É um jogador com boa estatura, intenso, enquanto esteve em campo, deu o máximo."
Duelo com a Chapecoense - "Jogo do líder contra o vice-líder. Respeitamos muito a Chapecoense, são grandes jogadores que ainda estão encaixando. O Mancini é um grande técnico e tomara que seja uma grande partida, com resultado a nosso favor."
Abrir vantagem na tabela - "É uma partida que temos que ir lance a lance, com humildade. Não podemos pensar em abrir pontos. No fim vamos ver o que aconteceu, não queremos mudar nossa característica e que os atletas deem seu máximo."
Terceira boa atuação - "Todos os jogos foram complicados. Contra o Criciúma foi difícil, depois com o Metropolitano foi complicado também. Os três jogos nossos foram bons em função do gramado. Mas os torcedores que estiveram aqui saíram satisfeitos pelo futebol das duas equipes."
Sequência dura pela frente - "Só vamos saber se a semana foi decisiva depois dos jogos. Não podemos sofrer por antecipação. Podemos abrir, manter, isso tudo depende. O Joinville foi bem contra o Criciúma, conheço os jogadores. Mas antes vamos pensar na Chape, descansar os atletas e pensar na melhor maneira. Depois pensamos no Joinville."
Estrutura mantida - "Mexemos pouco na estrutura. Perdemos o Fábio Sanches, trouxemos o Gustavo. Chamamos um pouco do Leandro, vem de uma outra forma de jogar. Mas a estrutura é a mesma e estamos encaixando. Nossa parte ofensiva também trabalhamos e com jogadores com outras características para ficarmos mais fortes." Claudinei Oliveira via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário