"São duas chances"

|
Com cinco pontos de vantagem para o segundo colocado e a duas rodadas do fim do turno do Campeonato Catarinense, o Avaí está perto do título, que pode sair neste sábado. A situação, aliás, é o que dá tranquilidade ao Leão da Ilha para enfrentar o Almirante Barroso, em Itajaí.
Diante da possibilidade de garantir a vaga na final antecipadamente, o Leão não se coloca pressão. O grupo, segundo o técnico Claudinei Oliveira, tem lidado bem com a chance de conquista e sabe que ainda restará um jogo caso não fique com a taça no sábado.
- É tranquilo, vamos evoluindo, eu como treinador, eles como atletas. O Betão cuida muito dessa parte do grupo e temos que saber, são duas chances para depender só da gente, sem depender dos outros. Não vamos ter desespero, jogar com sabedoria. Queremos a vitória, mas teremos uma nova chance contra o Inter de Lages - falou o treinador.
Diante do Almirante Barroso, Claudinei poupou dois jogadores. Marquinhos e Ferdinando nem viajaram e se juntam às ausências dos atletas entregues ao departamento médico - Lucas de Sá, Judson e Luan - fruto da sequência de jogos. O comandante ainda analisou poupar atletas com alta minutagem, mas ouviu dos jogadores o desejo de atuar.
- Mais do que tudo, temos um feedback dos atletas. Alemão e Betão se colocaram à disposição e o profissionalismo tem que ser levado em conta. Sábado de carnaval, o cara titular absoluto, o treinador pergunta se podem jogar e eles disseram que querem, poderiam ficar. Caso conquistarmos o título, podemos poupar atletas depois contra o Inter de Lages.
Hora e local: 16h30 (de Brasília), estádio Camilo Mussi.
Avaí: Kozlinski; Leandro Silva (Gustavo Santos), Alemão, Betão e Capa; Renato, Caio César e Diego Jardel; Denilson, Romulo e Júnior Dutra.
Arbitragem: Sandro Meira Ricci, auxiliado por José R. Larroyd e Carlos F. Schmidt. via Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário